Análise de Investimentos – Parte 1

Padrão

Olá futuras empreendedoras!

  

O assunto de hoje é relacionado com investimentos e por isso este post será dividido em três partes.

 Uma empresa para continuar operando oferece produtos/serviços para a entrada de dinheiro no caixa que é a base para o funcionamento de todo o seu sistema. Todavia, outra forma de criar valor para a empresa e seus acionistas ou donos é o investimento em projetos.

 Tais projetos podem ser para criar valor, estabeler padrões melhores ou seja criar inovação dentro da empresa como novos produtos, mercados, P&D, etc. ou para manter o valor existente, o status – quo  como substituir equipamentos, informatizar os sistemas existentes, etc.

 Há ainda outra classificação, a citar investimentos em ativos fixos, ou seja, investir em terrenos, equipamentos, concessões entre outros; investimentos em ativos financeiros, como no caso de ações, debêntures, etc; e ainda investimentos intangíveis que não são relacionados a natureza física ou retorno fínanceiro mas sim retornos intangíveis principalmente relacionado à àrea de RH, como treinamento, etc.

 Devido à pressão dos concorrentes  é preciso decidir em que investir para criar valor à empresa ou seja, um projeto de investimento é uma forma de criar vantagem competitiva para qualquer organização. Dessa forma, o processo de decisão de investimento se dá apartir da definição das metas para um período futuro. O administrador precisa identificar oportunidades de investimento, preparar alternativas e selecionar uma.  Após a definição das metas que faz parte do planejamento estratégico, cada divisão da empresa apresenta uma proposta de investimento que é resultado de uma seleção anterior de um grupo de projetos. Todas as divisões da empresa irão apresentar ao Comitê de Investimentos as suas propostas e este comitê irá escolher àqueles que formarão a Carteira de Investimento da empresa. Os projetos selecionados prioritariamente serão aqueles que couberem no orçamento da empresa, pois não existem fontes gratuitas de capital.

 Os métodos de avaliação de projetos de investimentos são:

  1. Payback simples

  2. Payback descontado

  3. Valor Presente Líquido

  4. Valor Futuro Líquido

  5. Valor Uniforme Líquido

  6. Índice de Lucratividade

  7. Taxa de Retorno

Deste ponto em diante, vamos usar nossas calculadoras ou o Excel. Geralmente, administradores usão a calculadora HP – 12c que agiliza o processo de análise dos resultados.

 Nos próximos posts direi o conceito destes métodos  e como utilizá-los.

Até lá!

Baseado no livro: Projetos de investimentos. Juan Carlos Lapponi, 2000.

Anúncios

Fico muito feliz por você aparecer aqui no meu blog. Deixe os seus comentários ou dúvidas! Retribuo a sua visita no meu blog então deixe o endereço do seu blog para que eu possa visitá-lo.Volte sempre e um grande abraço!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s