O que é Criação de Valor para a àrea financeira?

Padrão

Olá queridas e queridos!

O post de hoje é sobre Criação de valor segundo a àrea financeira. Então vamos lá!

Quem já tem seu próprio negócio ou ainda está planejando em montar um deverá saber que para qualquer empresa continuar operando e crescendo os seus donos deverão investir em projetos que criem valor para o empreendimento. Portanto, do ponto de vista financeiro, o objetivo da empresa é criar valor para seus donos ou acionistas. Mas afinal, o que é criação de valor em finanças?

A criação de valor é o resultado do lucro obtido pela venda de produtos/serviços pela empresa e é a base para que o empreendimento possa desempenhar suas atividades e continuar operando e para gerar lucro empresarial para seus donos. Portanto, a criação de valor deve ser um resultado econômico e financeiro positivo para que a empresa possa continuar existindo e crescendo.

No conceito de criação de valor está explícito o que é a visão mais simples de lucro que nada mais é que a diferença entre as receitas (o que entra no caixa da sua empresa) e as suas despesas segundo a equação:

Lucro(L) = Receitas (R) – Despesas (D)

O lucro é o retorno financeiro positivo que o empreendedor ganha a partir do investimento que ele fez.
Temos então duas definições de lucro, que pode ser econômico ou contábil.

Mas não pense que só porque você é o dono da sua empresa que não é importante saber de contabilidade deixando tudo a cargo de seu contador. Veja só como lhe será importante entender a diferença entre lucro econômico e lucro contábil.

O lucro contábil é meramente uma expressão matemática, como a citada anteriormente, é o resultado das receitas menos custos sem levar em consideração o valor de dinheiro no tempo e dos ativos da sua empresa Ele utiliza dados do passado como receitas e custos históricos para saber qual será o lucro da empresa.

Lucro contábil = receitas – despesas

O lucro econômico é o que mais interessa para os empreendedores ou executivos. É o lucro econômico que aumenta a riqueza da empresa pela aplicação de capital. A aplicação de capital é um investimento, (descrito no post anterior) e por isso leva em consideração o valor do dinheiro no tempo. O lucro econômico é a diferença entre a receita total e o custo econômico total da empresa, ou seja, inclui-se o goodwill que representa o valor dos intangíveis de uma empresa que são a marca, o capital intelectual, etc.

Lucro econômico = receitas – despesas (+/-) goodwill

Já sabemos, portanto o que é lucro, agora será fácil entender o que é a maximização do lucro e a maximização da riqueza.
A maximização do lucro está mais ligado ao conceito de lucro contábil, portanto a maximização do lucro é a geração positiva de lucro para um período. Não é muito interessante para o empreendedor obter apenas a maximização do lucro, pois ele leva em consideração apenas o presente, é decisão de curto prazo pensando apenas em aumentar o lucro do período atual com a diminuição das despesas e reduzido-se os gastos de todos os tipos como os gastos com promoção, publicidade, em investimentos, no desenvolvimento de novos produtos, etc., podendo “travar” até o crescimento da empresa.

A maximização da riqueza é o que interessa a empreendedores ou executivos, ou a você que está com seu negócio funcionando. Voltamos então ao parágrafo inicial fechando este post, pois a maximização da riqueza está ligado com a criação de valor descrito anteriormente. Quem é dono de empresa sabe que é necessário investir para ganhar rendimentos. A maximização da riqueza é o aumento da riqueza da empresa. É uma decisão de longo prazo e considera o custo de capital ou custo de oportunidade e tem como objetivo resultados futuros, ou seja, o lucro econômico.

Pense então em maximizar a riqueza do seu negócio, fazendo investimentos, considerando o custo da oportunidade, ou seja, aquela oportunidade que gere mais valor para sua empresa.

Para finalizar, analise sempre o lucro de sua empresa, pois o lucro é um indicador de desempenho da gestão de seu negócio. Se a gestão não estiver sendo eficiente, eficaz e efetiva certamente você não terá o lucro desejado e não poderá criar valor para sua empresa.

Fontes:
http://lauroprado.tripod.com/ezine/id13.html
http://www.ceap.br/artigos/ART06122007183423.PDF

Administração Financeira de Empresas Multinacionais – Abordagem Introdutória – Clóvis Luís Padoveze

Fico muito feliz por você aparecer aqui no meu blog. Deixe os seus comentários ou dúvidas! Retribuo a sua visita no meu blog então deixe o endereço do seu blog para que eu possa visitá-lo.Volte sempre e um grande abraço!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s